quinta-feira, 16 de junho de 2011

Crítica sobre: Fallen {Livro}

"As sombras se infiltravam pelo teto do auditório, escorregavam pelas laterais do telão e finalmente traçavam os contornos das tábuas do piso como tinta derramada. Luce agarrou o assento da cadeira e sentiu o medo penetrando por suas pernas e braços. Todos os músculos de seu corpo estavam tensos, mas Luce não conseguia parar de tremer...
... Ela podia sentir as sombras puxando seus pés sob a cadeira. Continuaram assim, pesando, durante todo o filme, e cada minuto se arrastou como se fosse uma eternidade." 
(Paginas 110 e 111)


Fallen narra a história de Luce a partir do momento que ela chega na escola - reformatório - Sword & Cross. A menina teve uma vida relativamente normal, e nunca foi uma rebelde ou coisa parecida, até que um "acidente" envolvendo ela, o garoto que ela estava afim e fogo resultam numa mudança radical na sua vida. Isso sem contar nas sombras que aparecem para ela desde sua infância e que ninguém mais consegue ver.

E é dentre os limites dos prédios que compõem Sword & Cross, juntamente com um cemitério (a autora explica o porquê dele estar ali, acredite faz sentido) que a história se passa. É lá que Luce faz amizade com Ariane e, principalmente, com Penn. É lá também que ela conhece Cam, que com seu cabelo comprido e belíssimos olhos verdes, se mostra rapidamente interessado por ela. 

Mas o rapaz por quem Luce se interessa é Daniel Grigori, que se mostra rapidamente desinteressado por ela. Até mesmo ela (o livro é narrado em primeira pessoa) acha seu interesse repentino no rapaz meio esquisito. 

Bom, a partir daí, Luce se vê envolvida em alguns sérios incidentes, onde as misteriosas sombras sempre se fazem presentes. Ela também se vê tentando descobrir de todas as maneiras quem é Daniel e porquê ele a deixa assim. 

Oh dúvida cruel! Ficar com o introspectivo e deslumbrante lindo Daniel Grigore ou o simpático e não menos belo e suspeito Cam? Confesso que ainda estou balançada em qual dos anjos caídos gostar. Por mim, caro leitor ficava com os dois, pois não teria coragem de decepcioná-los. Mas, quem sabe em “TORMENTA”, segundo volume da série, essa dúvida não seja resolvida?

Bom, achei o livro meio confuso no começo, pois você ficava com aquela impressão de o livro ter passado e você ficado para trás.  Eu gostei do livro apesar da autora deixar todas as partes emocionantes e interessantes do livro para as últimas cinqüenta páginas. 

A narrativa da Lauren Kate foi um deleite, pois, apesar de não ter grandes acontecimentos no início do livro (como já tinha dito) ou uma perseguição de tirar o fôlego que, realmente, só virá no final, a história flui muito bem e a escrita da autora conseguiu me pretender até a última página. 

No final, quando o livro ta ficando interessante, ele acaba, deixando várias perguntas no ar. Espero que nos próximos livros, essas perguntas sejam respondidas. Apesar das críticas, achei o livro muito legal, e indico (:

Qual minha nota para o livro:


Autor: Lauren Kate 
Paginas:401 
Editora: Galera 

Sinopse: Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder... mesmo que isso a aproxime da morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.