sábado, 2 de junho de 2012

Crítica sobre: O Ultimo Show {Quadinho}



"Eu não faria isso se fosse você! Isso não é uma válvula, é um aparelho nuclear experimental Russo, do começo dos anos 1940, que não deu certo!"



A HQ Trás a história de 6 rapazes, Cat Wittington, Elephant Fingers, Thor, Sweaty, Felonious Punk e Gnarly Charlie, músicos que sonham em alcançar o sucesso e fazer sua banda ficar conhecida e famosa!

O Grupo Acaba recebendo a noticia do Serviço Secreto Secreto que eles iram realizar seu sonho e realizaram um show internacional, mas a muito por trás deste pedido, pois nada é tão fácil, como se parece de começo! Venha você descobrir o que a SSS quer com a Banda e qual seu segredo!

Sobre a Capa: Gostei muito da ilustração escolhida para capa, ela passa bem a imagem do que se trata a HQ. A Edição está bem caprichadinha, as ilustrações são todas coloridas, a diagramação dos balões é padrão, letras medianas, e boa para a leitura!

A HQ, é bem critica, trazendo assuntos como o fanatismo religioso e as políticas ocidentais. Os personagens são bonzinhos, malvados, bobões e brilhantes, chegando aos inteligentes e estúpidos, resultando assim em inúmeras risadas no decorrer da leitura da HQ, e logo mais momentos em que você para para pensar sobre algumas tirinhas da HQ!

Deem uma espiadinha nas páginas 18 e 28 da HQ: ( Não leia os balões, se você não quer Spoiler. Deixei os quadrinhos para que vocês vejam o capricho da HQ)


Se você assim como eu não conheciam o Autor, vale apena conferir O Ultimo Show, pois não se arrependeram e sim iram se divertir e muito com a HQ. Agora se você já conhece o trabalho do autor, mas ainda não leu O Ultimo Show, corra e adquira seu exemplar agora mesmo!

LEIAM SIM!! E claro que recomendo a HQ, gostei muito dela, e quero muito mais de Not Quite Dead \m/Ò.ó\m/

Qual minha nota para o livro:



... Not Quite Dead
Título: O último show
Autor:
 Gilbert SheltonPáginas: 48
Editora: Conrad

Sinopse: Minha Opinião: HQ - Em O Último Show, Gilbert Shelton mostra que o senso de absurdo e a irreverência que o tornaram famoso com os Freak Brothers continuam afiados. O livro é uma sátira sobre fundamentalismo religioso e o imperialismo do Ocidente, estrelada por um Cadillac e pela banda de rock menos famosa do mundo. Acompanhe o Not Quite Dead realizando o sonho de toda banda: a primeira turnê internacional! Eles não poderiam estar mais empolgados, mesmo que precisem viajar a um país remoto e hostil, de que ninguém nunca ouviu falar. Mal sabem que são enviados por uma agência do governo para causar distúrbios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.